×
Blog

Sistema Força de Vendas: como escolher a melhor automação para sua distribuidora?

7 de março de 2022
Sistema Força de Vendas: como escolher a melhor automação para sua distribuidora?

É crucial ter tecnologias para lidar com clientes cada vez mais conectados. A automação é uma delas, capaz de fazer o trabalho repetitivo de forma automática e personalizada com as regras de negócios vigentes na empresa. Melhor que isso, é capaz de fazer tudo com mais rapidez e segurança. Uma importante aliada da produtividade e inimiga dos erros. 

Quando o assunto é força de vendas, por isso, tornar os trabalhos manuais e inseguros em processos automatizados, é tão importante para as organizações, entre elas, as indústrias, atacadistas e distribuidoras. 

Ao colocar na ponta do lápis todos os custos com processos manuais e o investimento em automação de vendas, percebe-se rapidamente o quanto a tecnologia é mais eficiente em todos os sentidos. A automação é capaz de tornar a vida de um vendedor muito mais prática e produtiva, além de oferecer ao gestor comercial parâmetros para melhoria de processos de vendas, através de dados em tempo real e relatórios bem precisos. Isso acontece porque ao invés de estar preocupado com processos manuais de vendas, ele estará focado em fazer aquilo que realmente mais importa: vender mais e vender bem! 

Reduzir a zero as chances de pedidos errados ou outros tipos de erros, é algo que a automação faz com muita qualidade. Esses erros geram prejuízos com as devoluções de mercadorias, além de aumentar as chances de perder um cliente devido a insatisfação. 

Como escolher o melhor sistema de Força de Vendas?

Agora que você entendeu o que é força de vendas e a importância de automatizá-la, vamos pontuar a seguir, os principais aspectos que deve-se levar em consideração na hora de adquirir um sistema. E para começar, vamos falar da mobilidade.

1. Mobilidade

Todos os aspectos aqui listados são muito importantes, mas a mobilidade é algo indispensável para os dias de hoje, por isso começamos por ela.

Não existe nada mais produtivo que ter acesso às informações o tempo todo de onde estiver. Por isso, ter um sistema capaz de ser consultado em qualquer lugar é algo que não pode ser descartado na hora de adquirir um. 

Essa necessidade é ainda mais real para os distribuidores, afinal, faz parte da estratégia de vendas dessas empresas ter vendedores e representantes buscando boas oportunidades no ponto de venda. 

Garantir que um pedido, por exemplo, seja feito diretamente por um aplicativo em questão de minutos no celular, garante ao vendedor mais tempo para conversar com o cliente sobre estratégias de vendas, novos produtos e ações nas gôndolas das lojas.

2. Principais funcionalidades para gestão completa de vendas

Não adianta investir em um sistema se ele não oferecer as funcionalidades essenciais para o seu negócio. Por isso, veja o que é importante para sua distribuidora e verifique se o sistema atende todos eles.
Entre as principais funcionalidades, listamos algumas a seguir!

  • Relacionamento com o cliente: a gestão de relacionamento garante ao vendedor mais chances de deixar o cliente satisfeito e se sentindo especial. Priorize uma solução que te ajude a manter um relacionamento personalizado com os parceiros.
  • Integração de equipes: é importante que o sistema permita a comunicação eficiente entre os vendedores, isso garante eficiência e transparência nos processos.
  • Design intuitivo: não existe nada mais frustrante que um sistema difícil de mexer com péssima experiência. Portanto, sistemas com calendário no layout, cartões de tarefas organizados em colunas e funil do processo de vendas, por exemplo, garantem uma boa experiência na usabilidade.
  • Relatórios: ter uma solução tecnológica e não ter o máximo de análise dos resultados, é o mesmo que não ter. Por isso, veja o quanto um sistema pode ser eficiente em relatórios. Pois eles são fundamentais na tomada de decisão.

Além dessas funcionalidades que são estratégicas para a gestão da empresa, algumas outras são primordiais para a gestão eficiente dos processos de vendas. São elas:

  1. gestão de estoque;
  2. histórico de pedidos;
  3. acesso rápido a tabela de preços;
  4. lançamento de promoções e ofertas;
  5. controle de tributação;
  6. alertas de inadimplência;
  7. controle de bonificação e comissões;
  8. importações e exportações de arquivos;
  9. sugestão de mix de produtos;
  10. chatbot e whatsapp integrados;
  11. televendas integrado;
  12. inteligência artificial para sugestão de pedidos de acordo com o histórico do cliente.

Certamente um bom sistema de força de vendas entrega muito mais que isso. Por isso, analise bem direitinho cada uma das funcionalidades e veja o que elas podem fazer para aumentar os resultados da sua empresa.

3. Tecnologia na nuvem

Não dá pra falar de mobilidade e funcionalidades essenciais se o sistema não for na nuvem. 

A nuvem, tecnicamente conhecida como cloud, é uma tecnologia feita para estruturar a rede global de servidores. A principal característica dela é o fato de não se tratar de uma entidade física.

Até aqui ficou meio confuso entender a nuvem, mas para ficar mais claro junto ao nosso tema, podemos dizer que a nuvem é a tecnologia capaz de armazenar informações na rede sem a necessidade de um armazenamento físico, como servidores, HDs, etc. Isso reduz os custos com TI, aumenta a segurança devido às diversas barreiras de proteção e garante agilidade em todo o processo a partir de qualquer máquina.

A nuvem pode fazer backup automático dos dados e armazená-los de forma que eles não se percam diante de qualquer problema. Essa tecnologia pode diminuir até 100% a utilização de papel e proteger a empresa diante de eventuais danos como incêndios e enchentes. Basta ter acesso ao sistema e à internet para ter os dados de volta.

Dessa forma, fica evidente a importância de um sistema de força de vendas na nuvem. A sua equipe pode trabalhar com tranquilidade e agilidade por meio de uma solução completa.

4. Integrações

Jamais adquira um sistema de força de vendas se ele não tiver integrações que atendam suas necessidades. Pois se não, a solução pode acabar se tornando um problema.

É importante saber que cada sistema tem o seu objetivo, por mais completo que ele seja. Por isso, é normal que sistemas se integrem entre si para que a gestão da empresa seja mais eficiente de uma forma geral.

Portanto, na hora de comprar um sistema, verifique quais outros sistemas da sua empresa seria interessante integrá-lo. Na solução força de vendas para distribuidoras, por exemplo, algumas integrações podem ser com o:

  • ERP;
  • sistema financeiro;
  • estoque e logística;
  • sistema de automação de marketing;
  • televendas;
  • BI – Business Intelligence, e;
  • software de atendimento e suporte.  

5. Acessibilidade

A acessibilidade pode ser confundida com mobilidade, mas ambas são diferentes. Lembre-se que a mobilidade tem a ver com o fato de utilizar o sistema em qualquer lugar, necessitando apenas de acesso à internet. Já a acessibilidade tem a ver com o sistema ser acessível de acordo com sua realidade.

Se o seu time de vendas precisa acessar o sistema através de um celular, pelo simples motivo de fazerem trabalho de campo, você não poderá adquirir um sistema que funcione apenas em computadores.

Por isso, veja tudo que é preciso para ter o trabalho do seu time de vendas funcionando com excelência. Algumas perguntas a ser fazer sobre o sistema, são: 

  • Funciona em android, IOS, Windows, Mac, Linux, etc?
  • Funciona em smartphones ou somente computadores?
  • Precisa de token de acesso? Se sim, como esse token é gerado?
  • A internet precisa ser super veloz para o sistema funcionar?
  • As atualizações são automáticas ou preciso atualizar manualmente?
  • É de fácil uso para todos os níveis de conhecimento em tecnologia?

Faça um mapeamento completo do que a sua empresa precisa

Como pôde observar, escolher um sistema de força de vendas não é algo tão complicado, mas é preciso estar atento a todos os detalhes. Existem diversas soluções sendo ofertadas no mercado, porém, cada uma delas pode trazer ou não as principais funcionalidades.

Uma dica importante para esse momento de decisão é: mapeie todas as áreas que precisam ser integradas, assim como os dados e relatórios que farão sentido para o seu time de vendas. Após ter tudo que precisa em mãos, analise qual fornecedor pode melhor lhe atender.

A Polibras Software, por exemplo, desenvolve tecnologias de automação de Força de vendas para indústria, distribuidores e atacadistas sempre de olho nas tendências de mercado e necessidades das indústrias, distribuidores e atacadistas.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Compartilhe com pessoas que também podem se interessar em saber mais sobre o tema e continue acompanhando nosso blog.

Compartilhe esta página: